newsletter

ATIVIDADES PARALELAS



Desenvolvido de forma dinâmica e suportado por um extenso plano de atividades paralelas, o Arquiteturas será ainda capaz de apelar a um variado público-alvo secundário, desde famílias a investidores externos, passando ainda por participantes nas seguintes ações de dinamização interdisciplinar.

PLACES THAT DANCE
Começando com um suave ruído de fundo e uma paisagem de cor intensa, Overlap constrói, gradualmente, um mundo reconhecível, numa separação cinemática de lugares dançantes ao som de uma mistura de found sound e nu-form house. www.overlap.co.uk
14/09/2013 22.30h - 01.30h Musicbox, Lisboa 4€

ALVALADE NO CINEMA
Imagems documentais do arquivo da Cinemateca que percorrem a história do projeto urbanístico de Alvalade.
Exibição da curta-metragem “A M
anhã de St. António” de João Pedro Rodrigues. 
19/09/2013 22h Cinemateca, Lisboa 4€

CORK BOX CINEMA
Uma instalação efémera em cortiça. Um novo ambiente. Uma antecâmara que precede o visionamento da arquitetura.
26 a 29/09/2013 permanente, Cinema City Alvalade

ARCHITECTS BOOK PROJECT
Investigação sobre o desenvolvimento da personagem ficcional do arquiteto na história do cinema. Mais de 200 excertos de filmes que exploram esta relação serão apresentados num Ipad jukebox incorporado na Instalação Cork Box.
26 a 29/09/2013 permanente, Cinema City Alvalade

UZINA BOOKS
A Editora Uzina Books tem como missão criar edições ímpares de qualidade assumidamente premium, aparecendo já como a referência em livros de arquitetura e artes no mercado português. Encontra um espaço dedicado à editora durante o festival, no átrio do Cinema City Alvalade.
26 a 29/09/2013 permanente, Cinema City Alvalade

MODERN ARCHITECTURE GAME
Testa o teu conhecimento de arquitetura, arquitetos e as suas frases famosas num jogo a não perder no Arquiteturas.
26 a 29/09/2013 permanente, Cinema City Alvalade 

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA
Arquitetura nas Artes Visuais
 
Seguindo o conceito multidisciplinar do Arquiteturas, inaugura uma exposição de fotografia em que a arquitetura é protagonista. A exposição será acolhida num local inesperado, de forma temporal, de comum acordo com as potencialidades do mesmo. Os formatos das obras expostas prendem-se com a iniciativa de criação de um catálogo documental de carácter mais museológico que curatorial em que se procura dar a conhecer o papel da arquitetura nas artes visuais em Portugal.
26/09/2013 Inauguração 21h, Edifício Alvalade n7 (em frente ao Cinema City)

SPEED NETWORKING SESSION
Formato de encontro desenhado por Make Fest, para acelerar contactos e troca de informação entre profissionais das áreas do cinema e arquitetura num mesmo espaço e num curto espaço de tempo. Os participantes fazem apresentações rápidas, nas quais partilham a sua experiencia profissional e objetivos de cooperação. Posteriormente à sessão, haverá  um momento descontraído onde os participantes podem prolongar o contacto estabelecido.
Os lugares são limitados, recomenda-se a inscrição aqui
26/09/2013 19.30h - 20.15h, Cork Cinema Room, Cinema City Alvalade, gratuito

CIDADE NOVA - CINEMA NOVO
Um percurso por Alvalade
Os verdes anos do cinema novo são também os primeiros anos de vida da cidade moderna em Lisboa. Conciliando diversas tipologias de habitação, é sobretudo no desenho dos espaços abertos e dos novos programas públicos que a experiência da nova urbanidade se gera. São as escolas e mercados, cinemas e teatros, ateliers e recintos desportivos, lojas e cafés, que promovem um novo ambiente e refrescam o ar que se respirava em portugal no início dos anos 60. Vamos percorrer o bairro de alvalade atentos a estes espaços e cenários revelados pelo cinema, de modo a activar a leitura da sua matriz urbana, com os seus códigos e conceitos arquitectónicos.
50 anos depois, entre o que fecha, o que sobra e se transforma, que cenários podemos fixar?
Os lugares são limitados, recomenda-se a inscrição aqui
29/09/2013 11h- 12.30h, coord. Rui Mendes, Bairro de Alvalade, 4€

ATELIER INFANTO-JUVENIL 
Porque é que uma cidade é uma cidade?
A arquitetura possui inúmeras variantes e áreas de intervenção. Nesta proposta pretendesse dar a conhecer às crianças como funciona uma cidade e o papel da arquitetura na gestão,ordenamento e construção da mesma.
Estrutura: visionamento do filme de animação Edificio Desmontable 5´; apresentação do workshop; visita interativa em Alvalade em que as crianças irão inspecionar se o bairro foi desenhado de forma sustentável; construção de uma cidade em planta, filmado em Stop Motion.
Os lugares são limitados, recomenda-se a inscrição aqui
28/09/2013 10h - 12.00h, 7-12 anos, acompanhadas por um adulto, Cinema City Alvalade, apresentado por Rita Catarino, 4€ 

INTERSEÇÕES 
Momentos de conversa informal, realizados no foyer do cinema, que reúnem duas personalidades de áreas diferentes, com vista à partilha de perspetivas. 
27 a 29/09/2013 21h - 21.45h, Cinema City Alvalade, gratuito

INTERSEÇÕES #1 
Manuel Graça Dias e João Mário Grilo
Falar-se-á de cinema e de arquitetura_de arquitetura no cinema (a arquitetura enquanto cenário)_de arquitetura dos cinemas (das salas de cinema)_de cinema de arquitetura (como filmar a arquitetura)_dos cinemas da arquitetura (dos festivais como este).

INTERSEÇÕES #2 
Luís Santigao Baptista e Luís Urbano .
Interseções entre Ficção, Disciplina e História. 
O projeto Ruptura Silenciosa tem levantado a questão dos modos de perceber e representar arquitetura. A sua investigação experimental, em meio académico, tem permitido compreender de outras formas a história da disciplina em Portugal. Qual o potencial do dispositivo filmico para a arquitetura? Quais as fronteiras entre documentar e ficcionar?

INTERSEÇÕES #3 
Diogo Seixas Lopes e Bruno Almeida
O Cinema e a Cidade
O cinema e a cidade sempre andaram juntos, como a dupla face de Janus. Um é a imagem, e o reflexo, da outra. A cidade é figura e fundo do cinema, como acontece com Lisboa no filme de Bruno de Almeida, “Lovebirds”.

ZOOM IN
Serão convidados profissionais de destaque em diversas áreas para talks informais sobre diversos temas, como fotografia, cinema, arquitetura, etc. 
27 a 29/09/2013 18h - 18.30h, em combinação com um ou mais filmes.

ZOOM IN #1 27.09
Ateliermob 
Working with the 99%

Ao contrário do que é corrente afirmar-se, a crise não é, necessariamente, sinónimo de uma diminuição do trabalho de arquitetura em Portugal. O problema não é a falta de trabalho, mas como pagar o trabalho de um profissional? É este o nosso ponto de partida. Como podemos trabalhar com pessoas que precisam de arquitetura, mas que não têm (nem terão nos próximos anos) dinheiro para a contratar? É nesta área que o ateliermob tem vindo a trabalhar, para colocar de pé um programa de serviços mínimos de arquitetura que possa resolver os problemas de emergência que à arquitetura digam respeito. O nosso primeiro caso de estudo é o trabalho que começámos a desenvolver no Bairro da PRODAC.

ZOOM IN #2 28.09
Atelier 18:25
Realizadores de Imagens

Não há arquitetura sem imagem. O processo imagético é parte embrional de qualquer processo arquitetónico. Por detrás de uma ideia de arquitetura, há sempre uma imagem que a origina. Construir imagens é um ato de pré-geração da arquitetura.

ZOOM IN #3 29.09

Atelier Moov+DASS
SWARS - Architecture Strikes Back
Num universo dada vez mais  mediatizado, o Arquiteto é, fundamentalmente, uma assinatura. Um ator que se apresenta como autor de fórmulas mágicas. Essa assinatura é a ferramenta da sua afirmação e um ás de trunfo na conquista palmo a palmo das batalhas da galáxia. Nesta nova ordem não é a arquitetura que vale, mas sim o que pode vender e emular pelo sistema mediático
No lastro da globalização anunciava-se a democratização de oportunidades mas, em vez disso, veio a vaga de massificação dos Impérios. A batalha é violenta – o Império está instável. Serão os novos arquitetos-resistentes capazes de escrever uma história mais justa ou aguardarão passivamente apenas o capitular do trono?

CIRCUITO ITINERANTE
Para além da realização do festival em Lisboa, será criado um circuito itinerante que levará os filmes exibidos no Arquiteturas a várias cidades ao nível nacional e internacional.